O Glaucoma é uma doença silenciosa e incurável, que provoca danos no nervo óptico causando o aumento da pressão ocular. A doença é considerada a maior causa de cegueira irreversível no mundo. É imprescindível que a população visite regularmente o oftalmologista, pois, quando identificado precocemente, o glaucoma é controlável e tratável com base em colírios.

Se você tem 40 anos ou mais, possui histórico de familiares que tenham glaucoma, diabéticos e/ou hipertensos e possui a pressão ocular alta é importante realizar periodicamente a consulta ao médico oftalmologista.
Existem alguns medicamentos, vendidos sem a necessidade de receita médica, que podem causar também o glaucoma.

 

Medicamentos com corticoides podem causar glaucoma

Cuidado com os olhos ao tomar sol

São os casos de quem usa medicamentos à base de cortisona para tratar asma ou doenças como artrite reumatoide, problemas pulmonares e alergias. 
Os corticoides podem ser usados também no couro cabeludo, em forma de colírio, pomada, comprimido, injeção ou bastão. E não importa a forma, ele entra no sangue e pode causar glaucoma, mesmo que sejam dos mais fracos até os mais fortes.
Por isso, o médico pleiteia uma mudança na legislação de venda dessa classe de medicamentos, para controlar o uso indiscriminado e sem necessidade.
Aqueles que dependem do uso contínuo da cortisona devem visitar o oftalmologista uma vez por ano para monitorar se houve o aparecimento do glaucoma, mesmo que a visão pareça perfeita. É preciso fazer exames de fundo de olho e medir a pressão ocular.
 

 

Assim que a doença é detectada, as visitas devem ser mais frequentes, no período de a cada seis meses, e é preciso fazer tratamento com remédios.
Hoje, no mundo, há 60 milhões de pessoas com glaucoma. Embora não haja dados especificamente brasileiros, estima-se que o mundo abrigará 80 milhões de portadores em 2020.
 

FONTES: CBO – Conselho Brasileiro de Oftalmologia

 

http://www.cbo.com.br/novo/publico_geral/noticias/3107


 

Minha Saúde – Portal IG

 

http://saude.ig.com.br/minhasaude/2014-07-24/qualquer-forma-de-cortisona-pode-causar-glaucoma-alertam-oftalmologistas.html