Conheça as doenças que podem causar cegueira.


Da infância até a velhice, manter a saúde ocular exige rotina de exames preventivos e hábitos saudáveis.

Zelar pela saúde dos olhos deve ser uma tarefa permanente — tem início nos primeiros instantes de vida e se estende pela infância, adolescência e fase adulta, até a velhice Manter uma alimentação saudável, usar óculos de grau e de sol de qualidade e se submeter a uma rotina periódica de exames preventivos é a combinação ideal para preservar a boa visão, detectar e tratar doenças precocemente e evitar consequências mais graves, que podem incluir perdas irreparáveis.


Os cuidados começam ainda na maternidade, onde o recém-nascido é submetido ao teste do reflexo vermelho, conhecido também como teste do olhinho, capaz de identificar o retinoblastoma (tumor na retina) e a catarata congênita, entre outras alterações. Até os dois anos, a criança precisa passar por sua primeira consulta com um médico oftalmologista. O procedimento deve ser repetido pelo menos mais uma vez antes da fase de alfabetização, período importante para que problemas sérios possam ser identificados a tempo e para que a criança não tenha seu desempenho prejudicado. Na ambliopia, por exemplo, o paciente tem baixa visão em um olho, que acaba ficando "preguiçoso" — o cérebro ignora a imagem desfocada do olho "ruim" e utiliza só o olho bom.

— Se não corrigir isso até os sete anos, nunca mais consegue. Aquela parte do cérebro não se desenvolve, e a criança não aprende depois. A visão nunca mais volta a ficar 100%, nem com lentes corretivas. É uma perda de visão irreversível.

A partir dos sete anos, vale a recomendação de check-ups anuais para todos, o corpo humano é sempre dinâmico, e mudanças podem ocorrer a todo momento. A utilização intensa e crescente de computadores, tablets e celulares, destaca o médico, vem fazendo com que a visão seja cada vez mais exigida, e já existem estudos relacionando o uso excessivo desses aparelhos ao aumento da incidência de miopia (distorção das imagens ao longe), o problema de visão mais comum na população. Quem usa óculos, não importa o motivo, precisa revisar as lentes anualmente, pois os graus nunca se estabilizam totalmente. A partir dos 40 anos, aparece a presbiopia, a chamada vista cansada, que resulta do enfraquecimento da