Verão aumenta doenças nos olhos


Evaporação da lágrima, falta de óculos com proteção UV, excesso de filtro solar e água contaminada são os grandes vilões. Saiba como prevenir.


Aglomerações nas praias e piscinas são frequentes nesta época do ano e aumentam a incidência de conjuntivite, além de facilitar o olho seco evaporativo e a ceratite, inflamação na córnea mais comum em quem usa lente de contato.


A doença mais comum no calor é a conjuntivite, inflamação da conjuntiva, membrana que recobre a esclera, parte branca do olho e a face interna das pálpebras. Nesta época do ano podem surgir três tipos diferentes de conjuntivite


A bacteriana, é desencadeada pela maior proliferação de bactérias no calor e água contaminada. A viral por conta das aglomerações, diminuição do apetite e queda da imunidade.Já o excesso de filtro solar na região dos olhos responde por 46% da conjuntivite tóxica.


Maioria dos brasileiros se automedicam

O tratamento de cada conjuntivite é feito com um tipo de colírio. O problema é que segundo pesquisa lançada no segundo semestre de 2016 pelo ICTQ (Instituto de Ciência Tecnologia e Qualidade) 72% dos brasileiros se automedicam e 40% fazem o próprio diagnóstico pela internet.