"Vista cansada": como reconhecer os sintomas e o que fazer?


Se tem mais de 40 anos e precisa esticar o braço para ler o jornal ou para ler no celular, provavelmente tem presbiopia, vulgarmente conhecida como “vista cansada”.

Certamente já ouviu falar de "vista cansada", mas será que sabe o que é? A expressão "vista cansada" é vulgarmente utilizada para descrever a dificuldade de visão para perto. Tecnicamente chama-se presbiopia. Esta patologia surge normalmente pelos 40-45 anos de idade, resultando de um processo fisiológico natural. Tão natural como começar a ter rugas ou cabelos brancos. Ou seja, não há forma de prevenir.

Sintomas

O principal sintoma de presbiopia ou "vista cansada" é começar a ver mal ao perto. As imagens mais próximas parecem desfocadas, pouco nítidas. Esta dificuldade de visão tende a agravar-se ao final do dia, associando-se muitas vezes a fadiga ocular e a dores de cabeça.

Se já deu por si a esticar o braço para tentar ler o jornal, o rótulo de um produto, a bula de um medicamento, o menu de um restaurante ou até uma mensagem no seu telemóvel, deve procurar um especialista. A tendência é para um agravamento e os braços depressa irão tornar-se demasiado curtos. O processo é evolutivo, estabilizando apenas 10 a 20 anos depois do seu início, pelos 60 anos de idade.

Causas

A chave da "vista cansada" é o cristalino, uma espécie de lente natural do olho. Com o pas