Mitos e verdades sobre o glaucoma.


Um grande complicador do glaucoma é não apresentar sintomas, em muitos casos, ficando oculto. Por isso, alertar sobre o assunto é sempre muito importante.

O aumento da pressão intraocular é o principal fator de risco e, felizmente, a sua avaliação é parte da consulta de rotina. É importante buscar, sempre, um médico oftalmologista para examinar os olhos. Isso porque, mesmo que a consulta seja motivada pela suspeita de glaucoma, o especialista não fará somente a medida da pressão intraocular.

O exame completo incluirá também a avaliação do fundo do olho para detecção de alterações no nervo óptico. Dependendo dos resultados anteriores, outros exames podem ser solicitados. O exame de campo visual é fundamental para avaliar a perda visual para o diagnóstico e para o acompanhamento do tratamento.

Geralmente, o paciente só percebe o dano quando sua visão está bastante restrita. Para entender melhor a história natural da doença, selecionamos, alguns mitos e verdades que podem ajudar no diagnóstico precoce, visto que a informação é uma grande aliada no combate à doença.

Se não for tratado adequadamente, o glaucoma pode levar à cegueira.

VERDADE. Levando, inclusive, a cegueira total, quando não há tratamento adequado. Os casos são muitos devido à falta de procura por atendimento médico especializado. A partir do diagnóstico e do tratamento correto, a doença pode ser controlada.